FALE CONOSCO
Resultados de Exames
Hit enter to search

Odontologia

Odontologia

A doença periodontal acomete em 90% dos cães e gatos adultos em um ou mais dentes.

É uma doença que nem sempre vem acompanhada de sinais clínicos e a principal queixa do tutor, nas maioria das vezes, é o mal hálito. Mas a doença periodontal é responsável pela inflamação da gengiva (gengivite) e destruição de tecidos de sustentação do dente (periodontite), causadas pela placa bacteriana presente na cavidade oral dos animais, e proveniente da falta de higienização ou de profilaxias profissionais regulares.

A doença periodontal nos cães e gatos podem evoluir para órgão vitais como rins, fígado, articulações, meninges, pulmões e coração. Para prevenção, visite um médico veterinário especializado em odontologia pelo menos uma vez por semestre, realize em casa a escovação com pasta e escova apropriados uma vez ao dia e mantenha uma alimentação à base de ração balanceada, ossinhos e biscoitos próprios para pets.

Infelizmente, a maioria dos tutores de animais não tem o hábito de levar os pets para o exame dentário semestral. Durante este exame, são avaliados a cavidade oral e o comprometimento da raiz dos dentes por meio de raio X, a identificação de abcessos, perda óssea, entre outros aspectos. Isso permite chegar a um diagnóstico e definir o tratamento, que varia conforme o grau da enfermidade. Para cada caso, é implantado um programa de saúde bucal que deve ser seguido pelo resto da vida do animal.

Lembre-se que a saúde seu pet começa pela boca e agende seu horário com os nossos profissionais.

Perguntas frequentes

Sim, a limpeza deve ser feita sob anestesia para que tudo seja perfeitamente limpo e examinado, garantindo que a boca fique perfeitamente saudável. Isso é a recomendação de todas as associações mundiais de odontologia veterinária (para mais informações, consulte o site da ABOV – Associação Brasileira de Odontologia Veterinária).

O acúmulo de cálculo dentário em pequenos animais está relacionado à formação de placa bacteriana e à falta de escovação preventiva. A placa se forma em 24 a 48 horas, sendo sempre indicada a escovação dental diária. A alimentação neste caso não interfere muito, uma vez que os animais mastigam muito pouco o alimento. A ração pode ser benéfica na prevenção quando os pellets (forma física da ração, grânulos) são grandes e forçam a mastigação, gerando atrito sobre os dentes.

O mau hálito está relacionado com o acúmulo de placa bacteriana e fermentação dentro da boca, liberando compostos que causam a halitose. NÃO é normal ter halitose e, quanto mais intenso for o mau hálito, maior é o sinal de que algo na boca está errado e é hora de visitar o veterinário para uma avaliação mais minuciosa. Infelizmente, isso pode ocorrer pela falta de hábitos preventivos como a escovação dental diária.

A perda dos dentes em cães e gatos é ocasionada, principalmente, pela doença periodontal, isto é, uma infecção que atinge os tecidos de proteção e sustentação dos dentes. Essa doença atinge 90% dos cães e gatos adultos e é ocasionada pelo acúmulo de placa bacteriana sobre os dentes. Nos casos mais avançados, o dente fica solto por causa da lesão no osso ao redor do dente e acaba caindo. O paciente que perde um dente precisa de uma avaliação dentária imediata, pois vários outros dentes poderão estar na mesma situação.

A recomendação é que todo cão ou gato passe por uma avaliação dentária semestral, quando o veterinário irá verificar a quantidade de acúmulo de cálculo nos dentes e o estado geral da saúde gengival. Alguns sinais indicativos de que algo não está indo bem na boca do seu pet são: mau hálito, gengivite e sangramento gengival (espontâneo ou ao toque).

Mooca

  • moocaR. Juventus, 467 – Mooca – SP
  • 11. 2066-1616
  • 11. 99536-8995

Tatuapé

  • tatuapé R. Monte Serrat, 1090 – Tatuapé – SP
  • 11. 2091-9113
  • 11. 93800-7620

Vila Matilde

  • vila matilde Av. Pasteur, 50 – Vl. Matilde – SP
  • 11. 3053-1667
  • 11. 93800-7601

Fique por dentro das novidades do Animaniac’s

× Agende uma consulta